quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Mais um capítulo em "California '92": Zappaland 2


Depois de um intervalo, voltei ao livro California '92 e publiquei mais um capítulo. É um livro experimental, editado na plataforma Wattpad. Por que experimental? Porque o Wattpad permite que se faça uma mistura de blog com livro, permitindo a inclusão de fotos e vídeos. O livro é publicado de capítulo em capítulo, e tudo pode ser modificado a qualquer instante.

Este livro é muito despretensioso, e conta em forma de diário uma viagem que fiz à California entre outubro e novembro de 1992. Cruzei o estado a bordo de um Mustang vermelho, e ainda estiquei minha viagem até Las Vegas (no estado de Nevada) e Tijuana (no México). Este capítulo que publiquei ontem é o segundo de uma série chamada "Zappaland", sobre uma excursão que fiz a locais relacionados à vida e obra de Frank Zappa (que ainda estava vivo na época). Foram alguns dias de imersão, que eu havia narrado de forma mais resumida na extinta revista Bizz e no livro Detritos Cósmicos, de Fabio Massari.

Em California 92, mostro entre outras coisas minha visita a Sun Village (um lugar muito querido pelo músico) e o que restou do Studio Z, seu primeiro estúdio de gravação em Rancho Cucamonga - que acabou de um jeito trágico para ele.




segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Na capa-colagem de "Delírios Digitais": Branson, Kournikova, Bond, Elvis e um Gordini vinho

Ilustração: Lu Gomes

Durante 18 anos eu escrevi colunas sobre tecnologia para a revista Info, da editora Abril. A ideia de reunir essas colunas num livro está na minha cabeça há muito tempo. A primeira ideia foi lançar um lívro impresso - que teria o nome de "Delírios Digitais". Pedi ao velho parceiro Lu Gomes que desenhasse a capa. O trabalho do Lu ficou incrível, como sempre.  Mas eu achei que seria incoerente da minha parte lançar um livro sobre tecnologia em papel. Delírios Digitais virou Alma Digital e foi publicado no Kindle/Amazon.

A capa de "Delírios Digitais" acabou saindo como uma colagem no estilo "Sgt Peppers", cheio de detalhes referentes ao conteúdo do livro: o carro Gordini do meu pai, o escritor Stephen King, som analógico, um míssil nuclear, uma webcam, um nerd, a tenista Anna Kournikova, o compositor Joseph Haydn, James Bond, o empresário Richard Branson, um avião Cessna 182, uma máquina de escrever, o Exterminador do Futuro, o game The Sims, os computadores HAL-9000 e TK-85, Frank Zappa. Entre outros símbolos que nem eu mesmo sou capaz de decifrar.


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Mais sobre a coluna para a VIP: as músicas compostas por computadores estão aqui


A coluna da VIP citada no post anterior cita duas composições realizadas basicamente por programas que usam inteligência artificial. Aqui estão os vídeos que mostram as duas composições. O primeiro vídeo trás a canção pop Daddy's Car, criada a partir de 45 canções dos Beatles processadas pelo programa Flow Composer:


Agora a peça Symphonologie, interpretada por uma orquestra de 50 elementos num evento realizado no Museu do Louvre, em ParisSymphonologie foi composta a partir da interpretação artística de artigos sobre negócios e tecnologia: 


segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Na VIP de novembro/2016: os compositores artificiais


Minha coluna para a VIP de novembro/2016 trata de um dos assuntos mais discutidos neste fim de ano: a ascensão da Inteligência Artificial como um elemento central de nossas vidas. 
A coluna trata de uma das muitas aplicações da Inteligência Artificial: a criação de músicas. Computadores, com auxílio de humanos, estão criando música pop, sinfonias e existe até um programa que cria as letras para essas músicas. Na coluna eu contro como esse programa recriou uma letra dos Beatles, no estilo de Bob Dylan.

A coluna começa assim:


A VIP de novembro/2016 está nas bancas e tablets.


quarta-feira, 16 de novembro de 2016

DMP agora está na Liga da Mata


A Liga da Mata é um ambicioso projeto criado pelo empresário Sergio Kalili. É uma série infanto-juvenil que reúne personagens do folclore num grupo tipo Os Vingadores. Por enquanto foi criada uma animação com os personagens, e o vídeo já está disponível no YouTube. O projeto já nasceu multimídia, e o segundo episódio de animação já está sendo produzido. A DMP participa do projeto editando o primeiro volume de uma série de livros contando a história da Liga da Mata. Este é o curta de animação, criado e produzido por outra equipe:

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Juscelino: um livro à espera do lançamento

Capa: Yves Ribeiro

Em 2011 a DMP participou de um projeto chamado BioBooks, Nosso objetivo era escrever uma série de biografias de brasileiros e brasileiras com uma equipe composta por Yves Ribeiro (arte), Ricardo Soares (reportagem), Juvenal Pereira (fotografia) e Dagomir Marquezi (redator chefe), além de Tania Bernucci (divulgação), Henrique Macedo (administração) e Marcos Amaro (o criador e diretor geral do projeto). Nosso primeiro biografado seria Raul Seixas, mas por causa de dificuldades crescentes, partimos para um plano B: recontar a vida do ex-presidente Juscelino Kubitschek com os olhos do século 21. Por meses pesquisamos, ilustramos, entrevistamos e escrevemos o livro. 

Infelizmente o empreendimento BioBooks foi interrompido. Mas o livro está pronto, esperando por um patrocinador. Ele retrata JK com outros foco, ressaltando o complexo ser humano que nasceu no interior de Minas, teve uma carreira política brilhante e estabeleceu um novo padrão de administração pública. Suas marcas principais são polêmicas e audaciosas: a construção de Brasília e a implantação da industria automobilística.

O livro é ilustrado da primeira à última página e editado num formato mais ágil e interativo do que uma biografia convencional. Interessados em patrocinar o livro podem escrever para dagomirmarquezi@gmail.com